Mais de 180 famílias ainda não conseguiram voltar para casa após inundações no Tocantins

Mais de 180 famílias ainda não conseguiram voltar para casa após inundações no Tocantins

No povoado de Bela Vista, em São Miguel do Tocantins, o nível do rio voltou a subir. Segundo a Defesa Civil, quase 800 famílias foram afetadas pelas cheias.
A Defesa Civil do Tocantins divulgou neste domingo (29) um novo balanço da situação de famílias atingidas por inundações no estado. Ainda há pessoas desabrigadas ou desalojadas em três cidades no norte. Ao todo, 185 famílias permanecem dormindo em prédio públicos ou na casa de parentes em função das cheias.

A situação mais grave é em Araguanã, que concentra 141 famílias nesta situação. Segundo o levantamento da Defesa Civil, 109 delas estão nas casas de parentes e as outras 32 em escolas ou ginásios da cidade. Outras 41 famílias que foram atingidas conseguiram retornar para casa. O boletim diz que o nível da água nos rios da região está baixando lentamente.

Em São Miguel do Tocantins, no povoado de Bela Vista, há preocupação com o nível do rio, que voltou a subir neste fim de semana. A região tem 20 famílias abrigadas com familiares e outras 6 em prédios públicos.

As outras 18 famílias que seguem fora de casa são de Carrasco Bonito, onde os níveis dos rios também estão descendo. Elas estão alojadas com parentes. O Governo do Tocantins calcula de 792 famílias foram impactadas pelo problema em nove cidades do estado. O levantamento ainda não foi concluído em Esperantina, por isso não é possível saber se ainda há famílias desabrigadas na cidade.

A distribuição de cestas básicas começou a ser realizada no último dia 20. Em Araguanã e São Miguel, que estavam em situação mais grave, também foram distribuídas barracas para que os moradores que estão em prédios públicos tivessem o mínimo de privacidade e pudessem dormir mais confortavelmente.

O governo disse que já autorizou a aquisição de até 200 mil cestas básicas. Além de atender quem foi afetado pelas enchentes, elas também serão entregues a famílias que eventualmente tiverem problemas por causa do novo coronavírus.

Em casos de emergência, os moradores estão sendo orientados a ligar nos telefones 199, da Defesa Civil e 193, do Corpo de Bombeiros.

(12)

radiopazpalmas
radiopazpalmas
A rádio da família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *