Quase 100 pessoas são assassinadas no Tocantins nos três primeiros meses do ano

Quase 100 pessoas são assassinadas no Tocantins nos três primeiros meses do ano

Pelo menos 96 pessoas foram assassinadas no Tocantins nos três primeiros meses de 2019. Do total, 89 sofreram homicídio, quatro foram vítimas de latrocínio, uma de feminicídio e duas de lesão corporal seguida de morte. Os dados são do Departamento de Inteligência Estratégica da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que comparou o número dos crimes registrados neste ano com o mesmo período do ano passado.

De acordo com a SSP, apesar de ter dobrado o número de latrocínios, a quantidade de mortes violentas é 4,95% menor do que foi registrados no primeiro trimestre de 2018, quando as ocorrências somaram 101 mortes.

Os assassinatos foram registrados em todo o Tocantins e as vítimas são de todas as idades.
Os criminosos usam armas de fogo, faca e até pedaço de garrafa de vidro para praticar os homicídios. Em menos de 48 horas, pelo menos três mortes foram registradas pela polícia em Gurupi.

Do total de mortes violentas deste ano, 15 homicídios foram em Palmas. A cidade também teve três localizações de cadáveres, 13 mortes a esclarecer e 23 tentativas de homicídios.

Palmas teve aumento significativo no número de violência doméstica. Foram 158 registros até março deste ano ano contra 117 nos três primeiros meses do ano passado. O aumento é de 35%.

As forças de segurança também divulgaram o número de crimes contra a liberdade sexual, contra o patrimônio, entre outros registros. Só nos três primeiros meses deste ano, 130 pessoas sofreram violência sexual, sendo 95 estupros de vulnerável e 35 estupros.

Até março, 430 veículos foram furtados e 199 roubados em todo o estado, somando 629 automóveis. No mesmo período do ano passado a quantidade chegou a 796.

Entre os dados de segurança, a Polícia Militar (PM) divulgou que, somente em Palmas, os furtos de veículos, de estabelecimentos comerciais e de residências, somaram 213 casos este ano. Até março de 2018 foram 305 registros.

O Corpo de Bombeiros informou que neste ano realizou 111 combates a incêndios urbanos e 14 em vegetações. Também atuou em 479 casos de busca e resgate e sete mortes por afogamento.

(2)

radiopazpalmas
radiopazpalmas
A rádio da família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *